O HINO DE AMOR

(Maratona com Jesus)


 

Eu concedo graças santificantes

29 de agosto de 1998

Senhor, Benevolente,
Vinde a mim!
Os laços da morte estavam ao meu redor,
mas Vós saistes do Céu
com Vosso modo Glorioso e com Esplendor,
e em Vossa real munificência Vós me libertastes;

Eu tinha mãos, mas elas não podiam sentir,
pés que não caminhavam,
um coração que não batia,
e nenhum som jamais saiu de minha garganta para Vos louvar;
no entanto, em Vosso fiel Amor,
ó Amante da humanidade, ó Esposo de Vossa criação,
Vós Vos inclinastes das alturas
na minha direção, a indigna, para me reviver
e me transformar em um cântico para Vós e para Vossa Casa;

Olhai o que fizestes a uma pecadora,
sem pensar duas vezes
que poderias estar arriscando depreciar Vossas Obras;
Vós me1 revestistes de Vós Próprio,
para me fazer desfilar em Vossas Cortes;
e, com grande júbilo, Vós me ensinastes Vossos preceitos;
Vós me ensinastes que a Integridade deveria ser usada como meu cajado
para lutar ao Vosso lado;

Por Vossa Bondade, me fizestes penetrar em Vossos motivos
para ser capaz de compreender Vossos métodos;
Vós me enxertastes em Vosso Coração,
um gesto de núpcias,
para que Vós e eu sentíssemos prazer em Vosso Divino Amor;

Vós me ensinastes a entrar em Vossa Alegria e a amar-Vos
para que quando eu falar de Vós,
eu fale de Vosso incrível Poder,
recontando Vossa Grandeza e Vossa munificência.

ah! Vassula, canta para Mim e sê Minha harpa também;

em Meu Amor Eu te dei vida; vigiando, em Meu cuidado, cada respiração tua; Minha Palavra é Vida; pode alguém dizer:

"Deus não agiu";

na luz da graça, velei por ti, para seres Minha e em incessante contemplação em Meu Coração;

ao contrário de outros que recebem Minha Palavra como um dom, e a quem visito quando Eu desejo, Eu te dei um dom único, o de chamar-Me quando quiseres;

vês? Eu te dei este privilégio especial, na proporção da tarefa que te confiei e na proporção do Meu fardo sobre ti;

vês como medi tudo quando fiz Meus planos? não que fosses, por ti mesma, qualificada para esta mais nobre tarefa de reviver e unir Minha Casa; todas tuas qualificações vieram de Minha liberalidade, vieram de Mim; fiz de ti o vaso que carrega este imenso tesouro, frágil, mas que torna claro que tal Poder esmagador não vem de ti, mas de Mim, teu Deus; Eu habito em ti, eis por que não há fraqueza de tua parte;

não tenho o direito de fazer uso de ti, servindo-Me de ti como uma lembrança de Minha Misericórdia para o resto do mundo?

Vós me convidastes para o Vosso Banquete...

Eu te convidei para o Meu Banquete e, por teu intermédio, muitos outros...

Estou ligada pelos votos que Vos fiz
e quero pagar-Vos a dívida de gratidão
e trabalhar fielmente pela Vossa Casa;
pois não apenas salvastes minha vida da morte,
mas me permitistes, em Vossa loucura de Amor,
caminhar livremente em Vossa Presença,
a qualquer momento e a qualquer hora do dia,
banhando-me em Vossa Luz;

Vós me ligastes com laços de Amor e Amizade,
apertando-me ao Vosso Sagrado Coração,
para que nenhum mortal possa mais distrair essa divina união;

Em Vosso Amor exuberante,
Vós me fizestes forte como uma torre
face àqueles que esbravejam contra mim;
o terror assalta-os à luz do dia,
ao som de Vosso Espírito Santo, meu Companheiro e minha Alegria...

Meu pilar, sustentando Minha Cruz de Unidade, irradia a luz do Conhecimento de Minha Glória, irradia nesta escuridão a luz de Minha munificência e não tenhas medo; derramei óleo de unção em tua boca para que possas falar por Mim; sê Minha cantora, sempre de bom ânimo; canta para esta geração, viajando pelo mundo, confiando em Minha graça;

que todos aqueles que pela graça foram chamados a ler este Hino de Amor e conduzidos a saborear este maná escondido prosperem, enquanto ainda em seu exílio;

concedo a todos os que foram chamados a ler Meu Hino de Amor com um coração contrito, graças santificantes; que seus corações contemplem a glória de Minha Magnificência e Meu Amor paternal, e vejam em Mim não apenas um Deus Todo-Poderoso, mas também um Deus de Bondade, o mais amoroso, e um íntimo Amigo; que seus ouvidos ouçam os suspiros e os gemidos de Meu Coração e fiquem reassegurados de Minha Clemência;

coloquei um guarda2 a teu lado, um vigia à porta de teu coração para te vigiar, a fim de que nenhum intruso te desvie de tua missão;

quando falares, Meu amor, sê objetiva; sim, repete todas as Minhas falas, mas em poucas palavras; coloca em cada coração as joias que te dei; que todos saibam que Minhas Conversações são a própria doçura;

Eu estou contigo; ic;


1 Significa 'Estou revestida de Cristo.'

2 Compreendi, um anjo especial.


Compartilha esta Mensagem!