O HINO DE AMOR

(Maratona com Jesus)


 

Eu, Iahweh, Sou Vosso Esposo - Minha Presença, é o que deveriam observar

25 de setembro de 1997

Eu Vos invoco, meu Iahweh, meu Pai,
pois sei que, quando o fizer,
Vossa Majestade virá em esplendor
do alto do céu,
descendo em glória aos meus aposentos;
ver-Vos, meu Deus,
nesta inacessível glória de Vossa Divina e infinita Luz,
é um esplendor incompreensível;
Vós, a Divindade, manifestando-Vos a mim
e querendo estar unido a mim,
desejando ser conhecido;
somente Vós, e Vós apenas, podeis atingir-me,
pois o espaço, este abismo ontológico entre Vós e mim
não mais pode existir;
Senhor, Vós preencheis todas as coisas sem serdes contido
nem pelos seus limites nem pelo seu próprio ser.

(Enquanto ainda invocava o Nome de Iahweh de repente me apareceu uma figura maravilhosa, semelhante a do Filho do Homem em Sua gloriosa Transfiguração; o Informe tomou forma; o que minha mente consegue apreender ou compreender Daquele que encompassa todos os seres? Embora à visão faltasse nitidez,1 Ele Se fez reconhecido e tenho consciência disso. O Deus Não Visto permitiu-Se ser visto, falar e ouvir como amigo ao amigo; o Invisível, contudo, face a face.)

Iahweh, o Senhor dos Senhores,
apareceu a mim, revestido de pleno esplendor;
Sua veste celestial brilhante e no entanto incolor;
cintilando como se estivesse coberta de diamantes e de outras pedras preciosas;

E enquanto eu olhava fixamente, perplexa e confusa
essa encantadora visão de graça e de incomparável beleza,
Iahweh delicadamente emergiu por detrás das nuvens,
fazendo-o com tal graça de movimento,
que senti meu coração desabrochar;

Sua Majestade me lembrava um esposo saindo de uma tenda;
Sua Presença irradiava tal encanto,
que mesmo que tentasse descrevê-La, jamais o conseguiria em toda minha vida;

Sua Presença, ao mesmo tempo, irradiava amor
e tanta doçura e ternura
que minha alma foi lançada por terra;
Sua bela Cabeça estava levemente inclinada para a direita,
como essas imagens do Sagrado Coração.
Vós sois o belo, meu Deus,
através de um véu,
vejo Vossos cabelos em escuros cachos alcançando Vossos ombros,
embora eu apenas possa espreitar e Vossa bela Face, a palidez de marfim,
é encantadora aos olhos;
a postura de Iahweh era como a de alguém tímido,
mas não me compreendam mal,
não era timidez, mas uma forma de graça e majestade;

Oh! Iahweh,
Vós que transcendeis grandeza e plenitude,
Vós que sois a Divindade,
assumistes uma forma de um modo inconcebível
para Vos mostrardes à indigna;
com efeito, como pode a linguagem
exprimir em palavras, o que nenhum olho jamais viu e nenhum ouvido jamais ouviu,
aquilo que está além da mente do homem?

Oh! vinde soprar em meu jardim2
e espalhar Vossa doçura em meu coração;
mas quem sou Eu para contemplar Vossa figura?
Como é possível que Vós,
em tal glória e tal esplendor,
sejais atraído por nossa miséria?
Vós me deslumbrastes, e estou perturbada
com Vossa Beleza Senhorial.
O que será contemplar-Vos
todo o dia, no céu, a olhos nus?

Como e quando encontrarei palavras suficientes
para descrever Vossa Graça e Vossa Beleza?
As palavras me faltam,
especialmente para aquele delicado movimento que fizestes,
ao sair por detrás das nuvens.
Deveria inventar novas palavras de louvor,
para louvar Vossa inefável Beleza?
As palavras humanas de louvor nada são
para expressar o que desejo exprimir.

Em Vossa Beleza Pura, me tendes cativa;
e jamais serão suficientes em Vosso encanto,
me deixais perturbada e em êxtase,
como a primavera, floresceis em meu coração;
com apenas um de Vossos olhares,
minha alma sente-se desposada pelo meu Criador;
Meu Criador que me libertou com um único de Seus olhares
e deu-me plena liberdade para proclamar Seu cântico nupcial;

Vós me guardais,
e, enquanto eu vou,
Vós espalhais safiras em meu caminho,
e como a pupila de Vossos Olhos
guardais minha alma;
eu passo pelo fogo e quando saio dele estou ilesa;
e quando torrentes de insultos
são derramadas sobre mim como limo, pelo Maligno,
Vossa Mão direita me encoraja
com palavras mais doces que o mel
e mais intoxicantes que o vinho,
enquanto cobris minha cabeça com Vossas bênçãos,
enfeitando-me como uma rainha;

E quando meus opressores alegremente sopram
hostilidade e calúnia à minha volta,
Vossa Majestade, como um relâmpago,
envia-me um querubim para levantar minha alma
a fim de montá-lo e planar nas asas do vento;
então, em Vossa Paz e em Vossos risos,
olho do alto aqueles que continuam aclamando minha morte,
mas que jamais me poderão atingir,
enquanto eles tremem em sua fúria e raiva;
não, nenhum inimigo jamais será capaz de iludir meu Deus;
porque Ele Próprio esmagará meus opressores;

E agora
estendo minhas mãos para Vós;
que todos saibam que nosso Deus três vezes Santo
é Bondade e Delicadeza.

Eu estou no meio de vós; fica sabendo, Minha pequena Vassula, que os pobres receberão mais da Sabedoria que os ricos, que se gloriam em sua glória, que não é glória de modo algum; Eu te ungi com Meu óleo,3 para que nesse óleo batismal Eu possa, de ti, obter vitórias para Minha glória, mas também para tua própria santificação;

Em Vossa doçura, deixai-me obter de Vós misericórdia.

Eu, o Rei da Glória e teu Esposo, também saciarei os pobres e eles obterão misericórdia e a mesma doçura que dei a Meu Filho;

vem e escuta o Soberano sussurar em teu ouvido; vem e escreve Minhas Palavras e entesoura-as; Eu sou o Guardião de tua alma, e de Meus Lábios não ouvirás lisonja, mas retidão; vem e apoia tua cabeça em Meu Coração para que nesta intimidade possas obter a revelação vinda da fornalha4 do Amor, e quando Me ouvires, Escolha-de-Meu-Filho, tua alma não resistirá seguir o caminho da retidão e da bondade; então, no fim desse caminho, encontrarás tua alegria;

não ouviste, filha encantadora, que Eu, Iahweh, teu Criador, estou casado com Minha criação e sou o Esposo de todos?5 dia e noite, tu tropeças, criação, perseguindo as sombras, e nem sequer uma só vez tentaste penetrar neste mistério; se tantos pereceis, é porque hordas de vós rejeitastes Meu Conhecimento; vós vos esquecestes de Meus ensinamentos;

olho para Minhas sementes e Me pergunto: o que devo fazer com elas? estão entrincheiradas em seu engano; como posso fazer este bando, que não consegue distinguir sua mão direita de sua mão esquerda, compreender que Eu sou seu Esposo e tudo o que desejo deles é amor, não sacrifício; conhecimento de Meu Coração, não holocaustos nem festivais solenes;

ó Minha casa real, trocaste tua glória por vergonha! não ouviste que posso abaixar os céus para descer até vós? não levantei Minha Voz o suficiente ao teu ouvido, criação? por quanto tempo perseguirás o vento? por quanto tempo Eu te verei perseguindo sombras? vem a Mim! Meu Coração é como uma Lâmpada para teus pés, e de Meus Lábios umidecidos com graça e com o orvalho da divindade correm rios de graça e ilimitados pedidos de Misericórdia;

dia e noite, Meus bem-amados, vós tropeçais nas sombras; vinde a Mim e tocarei vosso coração para que vossa perversidade se dissipe; então, pela imensidade do Amor que vos tenho, cairei como orvalho sobre vós e Minha Divindade esmagará vossa miséria, abrangendo-a para viver permanentemente em Meu brilho, fazendo de vós um vaso de luz e um espírito Comigo;

ah! Vassula,6 tu, a quem abençoei com a unção de Meu Nome, o ciúme inflama Meu Coração cada vez que teu coração age como uma tola senhora e volteias para longe do Meu, perseguindo frivolidades e não Meu Divino poder; digo-te, Minha bem-amada, mantém os princípios de teu Esposo e liga-os ao teu coração; eles aquecerão teu coração e evitarão que te tornes despercebida da Presença de teu Esposo, que apenas espera para ser benevolente contigo, Sempre-tão-amada-por-Mim; e se Eu te pedi para divulgares por escrito Meu cântico nupcial,7 foi por causa do amor ciumento que tenho por toda alma e porque desejo que Meus bem-amados tenham suficiente alimento enquanto atravessam este deserto... confiei-te um talento para que Nos conseguisses8 o montante equivalente; fizeste bem porque, com teu ardor em Nos agradar, Nos mostraste tua fidelidade;

por isso, faze teu retiro em Nós; faze teu retiro em Meu Coração, e saboreia, como em tempos passados, as íntimas delícias de Meu Coração; que a essência de Meu Amor corra como um rio ao teu coração, a fim de que tuas pequenas infidelidades, que Me fizeram levantar as Sobrancelhas, sejam lavadas;

olha, agora estou imprimindo Minhas palavras em ti, pela salvação de tantos pecadores; vim a ti com delicadeza, Minha esposa, pela renovação do Corpo Místico de Meu Filho;

olha agora, Eu, teu Criador, te chamo, pois desposei-te a fim de que, em Nossa união, Eu tenha o prazer de te enfeitar com fidelidade e com ardor; sim, nesta argila frágil, imprimi Meu Nome em ti inteira, desde o dia em que tua alma Me chamou: Abba! e, daí em diante, endireitei teu caminho na Terra e te ensinei a como te deleitares em Mim, recreando-te sempre em Minha Presença;

fica sabendo, Vassula, quanto desejei que Me amasses de todo teu coração e quanto ansiei para que transformasses toda tua vida em um permanente anseio e sede por Mim, teu Deus; Eu te queria mostrar Meu Reino e Meu aposento nupcial onde, na privacidade, nos poderíamos deleitar mutuamente; Eu, teu Esposo, inflamado de amor, conversaria intimamente contigo, ensinando-te o conhecimento das coisas santas; e tu, firmemente abrindo caminho ao Meu Coração, aspirarias a graça do sopro da Onipotência, para não deixares de existir;

não, Minha escolhida, nossa união íntima não é como a recordação do hóspede de um dia; Eu não inquietarei teu coração, retirando Minha íntima união de ti; tomarei conta de tua fragilidade, Minha Vassula; vê, Minha bem-amada, o quanto desejei atrair-te a Mim, como um amante atrai sua amada à privacidade;

Eu que sou o Amante da humanidade, o Esposo de Minha criação, desejo atrair-te, agora, a Mim... faze um retiro em Mim...9 porque deves ter escutado algumas vezes como o esposo anseia estar a sós com sua esposa depois das núpcias; ofereço-te este favor como um prelúdio de nossa festa;10 sim, naquele dia em que respondeste à Minha Vontade... e abrindo teu coração ao Meu Chamado, Eu o enriqueci do Meu, para que mais tarde, em ti, granulassem todos esses tesouros; esses tesouros são sementes11 que obtens de Mim, a fim de que onde quer que estejas tu as semeies nos países que te envio;

o dia em que te submeteste à Minha Divina Vontade, permitindo-Me governar tua vida, fiquei afetuosamente diante de ti, convidando-te com estas palavras: é impossível a uma alma Me amar do modo como quero que Me ame, se ela mantiver distância de Mim; aproxima-te de Mim e saboreia Minhas delícias; desejo que te tornes íntima Comigo; se permaneceres longe de Meu abraço, não serás capaz de conhecer-Me;12 Eu, em nossa íntima união e na unção de Meu Amor, te enfeitei com Conhecimento; o Conhecimento de como encontrar-Me e conhecer-Me;

uma vez que te escolhi entre milhares, não deverias mais duvidar; age na humildade para que Eu continue a te elevar a Mim... lavei tuas mãos e tua boca, para que tuas mãos limpas escrevessem Minhas Palavras e guardassem Meus livros, e por tua boca Eu perfumasse cada nação; através de Minha graça, enfeitei13 tua alma com a veste de Minha força, mas, acima de tudo, Eu, Minha Vassula, te enfeitei com Minhas magníficas Obras de Sabedoria, de modo que dos lábios de Minha bem-amada, ungidos pela Minha Soberania, Nós14 ouvíssemos louvor e honra à Nossa Santidade Trinitária;15

continua a proclamar um Cristo Ressuscitado e enche todo o mundo de frutos; dize-lhes que Cristo, em Seu Divino Amor, inclina-Se do Céu para reviver, por meio de Sua Presença, a obra de Minhas Mãos;16 com essa animadora notícia, hordas de nações chegarão a conhecer-Nos em uma íntima união; dize-lhes, filha, como Nos deliciamos quando também somos tratados como vosso Santo Companheiro em vossa vida diária...

fala como Minha enviada e lembra Meu povo de que Eu, Iahweh, sou vivo e ativo, então vai a essas17 almas sacerdotais que não mais Me buscam e pergunta-lhes: por que não perguntais nunca onde está Deus? em Meu Dia, pronunciarei Meu julgamento contra esses pastores, que não têm conhecimento de Mim e que nunca saborearam interiormente Minha doçura; hoje esses pastores trocaram-Me por algo que não tem valor nem qualquer poder em si; lembrar-se de Minha Presença, é o que deveriam observar; Eu não sou observado... como posso dizer: eles são o incenso de Meu Filho; quando seu único aroma é o cheiro da morte?

Eu te dei, criação, 12 anos18 de inefável favor e não queria agir com pressa na Minha ira; para vos consolar, nesses anos de favor, Eu falei, uni corações que estavam partidos e coloquei Minha Paz nesses corações; Meu Próprio Coração é uma Fonte de Água Viva imergindo, nesses anos de favor, nesta terra seca, dando crescimento onde apenas a escória era encontrada;

Eu sempre desejei contar-vos como Meus; nesses dias, digo-vos, Eu, que sou o Esposo de Minha criação, chamo cada um de vós: Minha desposada; porque esse olhar severo e ameaças às doçuras de Minha Boca?19 infeliz criaturinha, longe de Me conhecer, vem! Eu te convido a cair no abraço de teu Esposo e verás como Eu, Iahweh, posso enfeitar teu espírito, oferecendo-te generosamente um fluxo de Meu Divino Amor, para que tu, por tua vez, Me retribuas esse fluxo de amor;

então espera e verás, o dia em que Eu te atrair ao aposento nupcial de Meu Coração, como uma rosa que cresce à margem de um curso d'água, tu florescerás para declarar a grandeza de Meu Nome, chamando-Me: meu Pai; no aposento nupcial de Meu Coração, teu coração brotará com louvores e, assim como o esposo se alegra em sua esposa, Eu Me alegrarei em ti, e tu em Mim; Minha Mão poderosa te sustentará e jamais desejarás separar-te de Mim outra vez; com efeito, teu espírito enriquecido pela Minha doçura e plenitude de Meu Espírito gritará para todas as nações: beleza e glória são encontrados em nosso Criador! nossa Esperança e Nosso Senhor!

filha-de-Minha-escolha, ouve e escreve: desejo que testemunhes Minha Santidade e Minha Divina Doçura, sê como um livro sonoro, um livro escrito pelo Deus Trino; mas por agora quero-te apenas para Mim; quero estar com Minha escolhida e cavalgar estes céus contigo, tirando-te das dificuldades daqueles que saúdam diariamente tua morte; desejo agora levantar-te do tumulto e da fadiga, da rivalidade, do ciúmes, da falta de amor; então, na contemplação, enquanto repousares tua cabeça em Meu Peito, aumentarei em teu coração Meus Divinos ensinamentos;

aprenderás a fazer o bem todos os dias de tua vida e, desse modo, crescerás em Meu Coração, dando um doce perfume como os lírios; e quando Eu te enviar para fora, a diferentes nações, espalharás teu perfume sobre elas e ele será recebido como uma bênção, porque estarás crescendo em Meu Coração;

olha, tenho-te revestido com Meu Filho, com o Semblante de Jesus Cristo,20 a fim de que compreendam que és Minha Obra, concedida a eles pela Minha Graça, para Me ecoares; portanto continua a ser Meu Eco, deixa Minhas Palavras fluirem de teu lábios como vinho, inebriando os corações de Meus filhos e filhas;

Senhor,
Eu estou e ainda permaneço cheia de admiração diante de Vossa Beleza;
na noite de minha alma, Vós aparecestes, uma figura maravilhosa,
como o Filho do Homem em Sua Transfiguração;
ó Esposo Trino, cheio de graça e de soberania,
mais belo que todos os anjos juntos.
O que significa tudo isso?
Por qual inspiração Vosso Coração Vos fez olhar para mim?
Mas, ousarei dizer o que queria:
por qual loucura de Vosso amor
Vosso Coração Vos fez olhar para minha miséria?

Tão indigna como sou,
aqui estais, lembrando-me de nossos laços matrimoniais,
atraindo-me mais profundamente agora ao Vosso Coração,
para saborear as delícias que Nele Se encontram,
a fim de que eu possa obter a torrente de Vossa Divindade
e manter-me viva;

filha, derramei e continuo a derramar Minha graça em ti, porque desejo que tua alma seja mais bela e mais brilhante, a cada dia que passa, até alcançar a perfeição desejada por Mim; posso então dizer, este coração devolveu-Me tudo o que dele requeri e dele obtive grandes vitórias; dele obtive, ao mesmo tempo, grande prazer e através de Minha graça continuarei a multiplicar em seu coração Meus favores e Meus dons, para que continue cantando Meu Hino de Amor a cada nação; continuarei a derramar em teu coração Minhas delícias e consolações; assim como alguém derrama água de um jarro em um copo, Eu encherei teu coração com Meu Amor;21

Uma sombra passou por meus pensamentos e, de novo, meu Senhor, pensei naqueles que caluniam Vossa Mensagem com furor, em particular Vossa linguagem de amor.

reza por eles, e abençoa teus perseguidores para seres capaz de obter Misericórdia no dia do Julgamento; carne e sangue alimentarão sempre o mal e sentirão prazer em fazer o mal; essas almas não falam de Minha doçura nem de Minha Divindade, porque suas mentes não sabem separar Minha Divina doçura dos desejos de sua própria carne e sangue; não, eles não veem que há uma diferença; quando falo, Minha pomba, com Meus Lábios úmidos de graça, de santidade e de doçura, eles não entendem Minhas falas e não imaginam Minha pureza em Minha Magnificência; seus corações são tão duros que se lhes torna impossível imaginar o brilho e a Divindade de Meu Coração; eis por que, esses corações são eclipsados pela Minha Luz e, em seu corpo perecível e pensamento, acusam-Me de que Minhas Palavras são excessivas e sentimentais; esses são aqueles de quem Eu digo: eles Me são estranhos e não Me conhecem...

ah! Minha delicada alma, saboreaste Minha doçura em Minha Divindade, e procurei que tua alma saboreasse Minha Magnificência, e agora olha para ti, olha para a imensidade de tua sede por Mim; Minha esposa, como um Esposo recém-casado, Eu te mostrei como ser íntima e estar à vontade Comigo, pois nada é obscuro em Minha Companhia; tantos aprenderam de ti e obtive grandes triunfos da graça que te dei; quando teu coração está ligado a Mim não há escuridão, mas delícia e alegria todos os dias de tua vida;

Iahweh,
Vós que saístes do Céu,
como um esposo que sai de sua tenda,
Vós me mostrastes Vossa Face,
para eu gozar de Vossa doçura;22

Que os falatórios dos ímpios
ouçam e aprendam dos salmos de Davi,
que sua hostilidade contra a doçurade Vossa Linguagem
é infundada;

Que eles aprendam lendo Vossos salmos,
e que Vós sois o Salmo de Vossos salmos,
e que Vossas Palavras, Amante da humanidade,
são mais doces que o mel
escorrendo dos favos;23

Por isso,
pela simples memória da visão que me destes
em Vossa imensa benevolência,
minha alma se enternece e é lançada uma vez mais ao chão;

O que acrescentarei a isso?
O que posso acrescentar a tão sublime visão?
Mas Vossa generosidade dignou-se revelar-Vos
a alguém tão indigna como eu;
esse foi um dom gratuito de Vosso grande amor;

Não necessitastes pedir permissão a ninguém;
queríeis mostrar-Vos,
mostrar Vossa bem-aventurança, Vosso encanto, Vossa radiância,
Vossa perfeita beleza e Vossa doçura;

Grande é Vossa Grandeza
e eu nunca jamais esquecerei essa doce visão
que foi gravada em minha memória.

Eu Me delicio nas almas que se permitem ser elevadas por Mim... ah! Vassula, desejo trazer cada alma para perto de Meu Coração e enxertá-la em Mim, do mesmo modo que te trouxe para estar perto de Meu Coração;

eis por que, Minha filha, tão benevolentemente, traço um caminho para que cada um possa segui-lo; um caminho de retidão que conduz a Mim; por essa razão, Eu, como um jovem esposo apaixonado, estou apaixonado por Minha criação, a Obra de Minhas Mãos; e exibirei a cada criatura a chama de Meu Coração, quer seja amiga ou inimiga;

hoje, muitos de vós escrutinam Meu Amor e Minha doçura, moldando-Me conforme as paixões de vossa carne; Eu vos digo: aqueles que Me conhecem observam santamente as coisas santas, e serão julgados, um dia, santamente; mas quanto aos que não Me conhecem e não observam as coisas santas santamente, esses serão julgados como o merecem;

Meu Coração pulsa com os chamados do amor para o amor, e novamente Eu digo; quer sejais amigos ou inimigos, todos sereis convidados a partilhar as delícias de Meu Coração, e quando o fizerdes percebereis como Me depreciastes toda vossa vida, como depreciastes Minha Magnificência pela vossa própria natureza fraca e vossas inclinações mundanas, e por terdes acreditado que vossos prazeres exteriores e delícias desejados pela carne fossem senhoriais e grandes; essas delícias e prazeres de vossa carne não podem jamais ser medidos com Minha Divindade e doçura; vossas delícias com relação às Minhas são como um grão de areia no universo, comparados à bem-aventurança que podereis obter de Minha doçura que vos conduzirá à alegria eterna;

e tu, Vassula, tu entraste nas delícias de Nossa Santidade Trinitária e chegaste a compreender Nossa terna afeição e Nosso infinito Amor, Nós Nos alegramos por teres aceitado voluntariamente que depositássemos Nossa Obra em ti, tornando-te a partir daí um altar vivo, aumentando Nossa alegria; Nós te convertemos e te conduzimos a uma contemplação Esponsal, na íntima união de Nossa Unicidade; então te enviamos, de Nosso abraço ao deserto, para defender a Verdade; mas agora, depois de teus duros trabalhos, queremos que repouses em Nosso Coração e que tenhas o lazer de contemplar Nossa Santidade Trinitária; neste cuidadoso repouso serás amamentada por Nossa Divindade;

hoje, de novo, Eu te ofereço Meu Coração e, como um esposo que sai de sua tenda para se juntar à sua esposa, Eu entrei para juntar Meu Coração ao teu e sentir prazer em ti, trocar nossas carícias e nosso mútuo amor; que seja como no céu:

Amor por amor,
Coração por coração;

sim! tu não recusaste reconhecer-Me como Pai, em Minha Santidade Trina; e como um vaso que contém água, teu coração, depois de Me reconhecer, foi enchido da Minha Água Viva para levá-lo a aperfeiçoar as virtudes que Eu lhe ofereceria; Minhas Obras seriam estéreis se não te aperfeiçoassem em teu amor; que utilidade haveria em teus trabalhos para Mim, e que espécie de honra haveria neles para Mim, se fossem oferecidos sem que Me desses livremente e em primeiro lugar teu coração; com efeito, vem e aprende o sentido destas palavras: o que Eu quero é amor, não sacrifício; o que Eu quero é conhecimento de Mim, não holocaustos; não serei duro com ninguém, contanto que nele encontre prontidão; não leste: um homem é aceitável pelo que pode proporcionar; então, tu que Me lês e que és Minha Obra também vem a Mim como és, e Eu, em Meu Perfeito Amor, te aperfeiçoarei;

Eu arrebatarei teu coração para que possa dele obter as mais raras e mais delicadas fragrâncias; então, como alguém que eleva suas mãos, segurando uma taça dourada cheia de incenso para perfumar Minha Santidade, Eu levantarei teu coração, segurando-o no alto, deixando que essas raríssimas essências volteiem sobre a Terra, espalhando tua doce fragrância à Minha volta, deliciando-Me e deliciando todos os santos e anjos no Céu;

Minha alegria será tal que será tida como uma dança nupcial;24 enquanto as bocas de Meus anjos estarão cheias de riso e seus lábios, de cânticos; e Eu, exultante de alegria, em teu nada, transformarei tua cabeça numa joia, e com Minhas Mãos ainda estendidas, levantando teu coração, te ungirei, Minha joia, e te abençoarei;

e como outrora te coloquei com ternura no ventre de tua mãe, a fim de seres alimentada e cresceres, Eu te colocarei em Meu Coração para nutrir tua alma com Minha Divindade, permitindo-te crescer com Minha Santidade;

essa será a prova de Meu Amor por ti; e conhecerás Iahweh, teu Esposo, três vezes Santo, como nunca antes; então tua alma estará tão profundamente apegada a Meu Coração e a Mim que jamais Me esquecerás, pois tua alma voluntariamente terá ficado cativa de Meus encantos;

e Eu, que apenas agi por amor, ligarei teu pequenino coração à integridade, à complacência e ao amor, e o inflamarei com divino fogo; Eu te farei saborear Minha doçura, fazendo-te compartilhar Nossa Bem-aventurança com Meu Filho Jesus, Aquele que é o mais próximo de Meu Coração, e convidando-te a entrar no Verdadeiro e Único Conhecimento de Nossa Divindade Trina; este Conhecimento de Nós Próprios te ensinará que podemos devolver tua divindade, divinizando tua alma para entrares na Vida Eterna; e que Nossa Divina Luz também pode brilhar em tua alma e teu corpo para que vivas em Nossa Luz e em Nós;

então, Meu bem-amada, enriquecerei tua alma com benevolência, e enquanto te esconder em Meu Coração, tirarei teus pecados, a fim de que te movas no Espírito e respires as inspirações de Meu Coração, enquanto imprimo em ti o selo da consagração, ungindo-te com Meu Santo Nome; então não mais te pertencerás a ti própria, mas Àquele que te move em união de Nossa Unicidade;

Eu, o Altíssimo, o Esposo de Minha criação, te mostrarei tal plenitude de amor e de ternura que tua alma experimentará o que é o Céu, enquanto ainda estiveres na Terra; Minha doçura será tal que estarás como que inebriado de vinho, por estares saboreando o Amor do Todo-Poderoso, esse Amor que será como um paraíso de bênção e que adornará tua alma com muito mais do que glória;

sente a grandeza de Meu Amor, Vassula; Eu te escolhi entre todos os viventes e fiz de ti um lírio, permitindo-te ouvir Minha Voz; confiei-te esta Obra para iluminar este mundo escuro e apóstata; enviei-te para perfumar com Minha Obra o deserto de Minha Criação e brilhar sobre eles Meus Decretos e Minha Lei; e um dia o mundo verá em ti Meu supremo poder e dirá: verdadeiramente Deus está escondido em ti, mas dirão isso para teu espírito que já terá partido; sim!25 tu és de fato a verdadeira testemunha do Altíssimo, porque fiz de tua boca uma espada afiada;

Meu Deus! Algumas vezes, sinto-me cercada pelos meus opressores, mesmo durante a noite, vejo as presas daqueles que gostariam de me devorar, fabricando mentiras para me verem condenada. Oh! Ajudai-me contra os orgulhosos! Por quanto tempo mantereis Vossos olhos fechados?

até que teu Serviço para Mim esteja completo e a Cerimônia chegue a seu fim;

Meus Olhos foram sempre atraídos pelo homem de espírito humilde e contrito, e Eu, que sou conhecido por trazer a luz, levarei Minha Criação ao renascimento, abençoada pelo Meu Espírito Santo, como nunca visto antes na história; Minha Chama dentro de Meu Coração será tua purificação, Criação, e isso será a executação de Meu Julgamento;26 isso será feito para remover vosso véu e Me verdes revestido em gloriosa beleza e santidade; Eu executarei Meu ato de amor27 a fim de ganhar-vos para Mim;

então vós, por vossa vez, vos voltareis para Mim; vós também vos tornareis testemunhas de Meu Amor; e quando as pessoas surpreendidas com a mudança de vosso coração vos perguntarem o porquê de vosso comportamento humilde, respondereis: Eu aprendi de meu Pai; prestei atenção ao meu Esposo e, assim, tornei-me um filho da luz; meu Deus é minha Luz, e a vida eterna consiste em conhecê-Lo como o único Verdadeiro Deus e soberano de toda a Criação; então, Meus amigos, vós também pertencereis ao Esposo para todo o sempre;

ah! geração, não ouviste Meu Filho, Jesus Cristo, dizer-te: “vem a hora – e é agora – em que os mortos28 ouvirão a voz do Filho de Deus e os que o ouvirem, viverão. Assim como o Pai tem a vida em si mesmo, também concedeu ao Filho ter a vida em si mesmo";29 então por que estais com medo, nestes tempos maus, da profusão de Nossas Riquezas de Nosso Coração derramadas sobre vós? por que estais espantados com Minhas maravilhas de hoje? não somos Nós a Fonte da Vida?

as montanhas oscilam com o cheiro de morte que se levanta da Minha criação e das águas que rugem e fervem em agonia sempre que ouvem Minha agonia, quando vejo Minhas Próprias sementes morrendo com este mundo que se desintegra no pecado e na maldade; deveríamos então fechar Nossa Boca? Nós somos a Fonte da Vida e dessa Fonte Nosso Coração estimula o vosso, com Nosso Nobre Tema: Nós dirigiremos Nosso Hino de Amor a esta geração moribunda, e quem O escutar é abençoado; quem O escutar crescerá em Meus Mandamentos e Meus decretos;

não muito tempo atrás Eu plantei uma muda,30 hoje ela cresceu e tranformou-se numa árvore cujo topo alcançou o céu, experimentando, de vez em quando, as essências e a brisa perfumada do Céu; agora ela é conhecida em cada nação, pois é vista desde os confins da Terra e de todas as direções; sua verde folhagem é medicinal e um bálsamo curativo para os doentes, mas, ao mesmo tempo, é uma fragrância calmante para os pobres e os miseráveis; Eu atirei beijos a ela para aumentar seu fruto e aperfeiçoá-la; em sua beleza, seu fruto abundante é marcado com o Selo de Meu Espírito Santo; cada nação, não importa a raça e a origem, pode alcançá-lo e saciar-se dele; seu produto é suficiente para todos; mesmo aos indignos essa árvore pode oferecer sombra e conforto;

Eu sou seu Guardião; vi muitas vezes homens insinuando-se sorrateiramente e arrastando-se pela noite, com fogo na mão, para incendiar Minha árvore e destruí-la, mas uma vez que previ tudo isso, reuni, para protegê-la, os exércitos de Meus Anjos, muito tempo antes de isso acontecer, para a encharcar com orvalho do Céu;

Eu varri Meus inimigos como viste; por isso não digas, Minha bem-amada: mas a águia não quebrará minha raiz e abocanhará meus frutos, de tal modo que todas as novas folhas murcharão de uma só vez quando brotarem? não!31 não, Minha árvore, digo-te, continuarás a crescer e continuarás a produzir fruto com o Selo e a fragrância de Meu Espírito Santo; Eu multiplicarei tua folhagem e teus frutos, a fim de que sejam suficientes para todos e para cada geração futura...

Senhor, meu coração vive por Vós
e meu espírito Vos canta louvores todo o dia;
sois Vós que mantendes minha alma escondida em Vosso Coração,
e sois Vós que me protegeis;

Embora haja um abismo ontológico entre Vós e mim,
eu estou em Vós, em Vossa Majestade,
e Vós, sem perderdes Vossa transcendência,
estais em mim.

Vassula, muitas árvores serão cortadas e algumas Eu desenraizarei e queimarei sua raiz; nesse Dia as fundações da Terra serão sacudidas ao som de Minha Voz, e Minha Casa ficará cheia de Meu grito: basta! agora basta!

“Deus tenha piedade de nós e nos abençoe,
fazendo brilhar sua Face sobre nós,
para que se conheça o teu caminho sobre a Terra,
em todas as nações a tua salvação."32

flor de Meu Coração, tais palavras são a delícia de teu Esposo; vem agora e escuta as batidas de Meu Coração!

salfomeg

(Embora datada de 25 de setembro de 1997, esta Mensagem terminou em 25 de outubro de 1997. Ela me foi dada, aos poucos, quando era chamada.)


1 Foi como ver através de um véu cinza.

2 Significa enviai-me Vosso Espírito Santo.

3 Óleo, aqui, significa simbolicamente Nome.

4 Deus Se refere ao Seu Coração.

5 Is. 54, 5.

6 De repente Seu Divino Olhar voltou-se para mim e olhou-me.

7 A Verdadeira Vida em Deus.

8 A Santíssima Trindade.

9 Ele disse isso como um convite, mas com grande solenidade.

10 Escrevi essas palavras em 21 de novembro de 1997; 28 de novembro de 1997 é o 12o aniversário de A Verdadeira Vida em Deus.

11 Deus pronunciou a palavra sementes. Eu vi diante de mim safiras.

12 Ou seja, todo o segredo de conhecer a Deus: íntima união.

13 Ele usou o presente termo por ser contínuo.

14 A Santíssima Trindade.

15 Deus me lembra de meu apostolado.

16 Nós.

17 Esses indica que não são todos.

18 Desde que Deus começou esta obra: A Verdadeira Vida em Deus.

19 Deus prevê a reação negativa de certas almas.

20 Quando tantas pessoas veem Jesus em meu rosto.

21 A imagem de uma jarra e um copo sendo enchidos foi um dos primeiros desenhos que meu Anjo Daniel fez para mim, em 1985.

22 SI 27, 4.

23 SI 19, 11.

24 Tinha visto numa visão, Iahweh, Nosso Senhor, segurando com Seus Braços estendidos essa tigela, dando voltas e balançando como em uma dança.

25 Este ‘sim!’ soou como uma terrível ameça, foi dito com grande poder e autoridade.

26 Pequeno julgamento

27 Pequeno julgamento.

28 Os espiritualmente mortos.

29 Jo. 5, 25-26.

30 Iahweh, eu compreendi, fala sobre mim nesta Mensagem.

31 O modo como Ele disse ‘não’ trouxe lágrimas aos meus olhos.

32 Sl. 67, 1-2.


Compartilha esta Mensagem!