O HINO DE AMOR

(Maratona com Jesus)


 

Não trabalhaste em vão

28 de novembro de 1995

(Aniversário de dez anos de A Verdadeira Vida em Deus.)

a Paz esteja contigo; Minha Vassula, ah! deixa-Me saber, deixa-Me saber, és feliz por teres estado Comigo desta maneira todos esses anos? criatura de carne, mas com um coração, és feliz?

Coroa-de-minha-Alegria,
como poderia não estar feliz?
Fui levada por Vosso Sopro às nuvens
para avançar nas asas dos ventos,
a fim de tornar-me parte dos ventos,1
portanto como poderia não estar feliz?

e te tornaste parte de Mim,2 e Eu, parte de ti, e fizeste tua morada em Mim, assim como fiz Minha Morada em ti, transfigurando tua alma num Éden, para que Eu seja glorificado; avança teu passo e vai adiante nas asas do vento, pois tens um lugar especial em Meu Sagrado Coração;

Festa-de-meu-próprio-coração!
Unção-de-meus-olhos! Luz três vezes Santa!
Minha alma se alegra porque
resgatastes a inabitada.
Bendito seja o Vosso Nome três vezes Santo.

com efeito, Eu sou a Festa-de-teu-próprio-coração; celebrada anualmente a data de hoje, quando te levei, assim como a muitos outros, a entrar no Meu Coração; e a descobrir aqueles inumeráveis tesouros que guardei para os vossos tempos; conserva esse grande dia em tua mente; fica a Meu lado, assim como ficaste nos últimos dez anos; agora, NUNCA deixes Meu lado, caminha Comigo como fizeste todos estes anos; vê como Eu te eduquei? vê o que realizei? vê Minha Sabedoria? ao adotar-te, adotei muitos outros; Meu caminho é reto, Minhas formas de aproximar-Me de vós são deliciosas... teu Rei é perfeito e belo;

revive Minha Igreja, embeleza Minha Igreja, une Minha Igreja, foi Minha Ordem a ti; e tudo o que te pedi, para ser capaz de trabalhar contigo pela Minha Glória, foi teu consentimento para fazer Minha Vontade; e, desse modo, ganhaste Minha amizade;

Minha Igreja se beneficia agora das muitas almas que voltaram a Mim... e agora seus louvores a Mim unem-se aos de Meus anjos no Céu; de tua boca Eu falei, dando o que Meu Coração mais deseja para a Unidade; não trabalhaste em vão; Eu te pedi que transmitisses Minhas Palavras e Meu desejo: a unificação da data da Páscoa, e o fizeste; vês? reconhecer-Me, Minha filha, foi, sem dúvida, a virtude perfeita e a luz de tua alma; filha do Egito, mantive constantemente guarda sobre ti, a aurora que ansiei em tua alma foi-te concedida pelo Meu Espírito três vezes Santo para realizar todo o Meu propósito;

Minhas palavras: plena, sereis muitos, foram um enigma para ti; então, fiz-te compreender o que elas significam: quando estiveres preenchida por Meu Espírito Santo três vezes Santo e Doador da Vida, irás, com o poder de Meu Espírito Santo, converter e levar muitos ao arrependimento;

cultivei teu solo com Minha Própria Mão, e quebrei as pedras para nivelar Meu caminho em ti; então semeei em ti Minhas Próprias sementes celestes; para honrar Meu Nome, jurei derrubar qualquer intruso que aparecesse no Meu caminho para Meu novo jardim; noite e dia deliciei-Me, observando-te; hoje posso dizer, Vassula: Eu não trabalhei em ti, por nada; Meu Espírito libertou-te para que fosses um lugar adequado em que Eu pudesse viver; que Meus filhos e filhas possam aproximar-se de Mim, e Eu os libertarei, a fim de que também se juntem à Minha Assembleia; ic;


1 "Fazendo dos ventos, teus mensageiros." (Sl.104, 4).

2 Alusão a Jo. 15.


Compartilha esta Mensagem!