O HINO DE AMOR

(Maratona com Jesus)


 

Farei de Minhas palavras um fogo em tua boca
Nem um de vós restaurará Minha Honra, restaurando Minha Casa cambaleante?

1 de maio de 1992

Meu Senhor, Iahweh,
Meu Amado Pai do Céu,
Vosso Nome é óleo derramado;
Vós me revelastes Vosso Nome,
aproximando-Vos de mim e salvando-me;
Vós me formastes, levando-me para perto de Vós.
Iahweh, meu Deus, Vós me redimistes.

ah! Vassula! embora fosses um pedaço de madeira seca à deriva, pronto para ser jogado no fogo e queimado, vim depressa para te salvar; encontrei-te no vale da Morte, o que Me fez mergulhar no luto; Meu Grito pôs os Céus em estado de alarme, a própria lembrança desta visão, Me entristece profundamente, tal a aflição que suportei; fui, por muitos anos, paciente contigo; chamei-te muitas vezes então, mas não Me escutavas; contudo, amando-te imensamente, não pus um fim a ti; pelo contrário, mostrei-te Minha Fidelidade em tua fraqueza; a dor e os ferimentos que inflingistes a Meu Filho devoravam lentamente Minha Misericórdia, tão grande era tua culpa e tantos os teus pecados, que Eu estava pronto a vingar as Chagas de Meu Filho e golpear-te;

ah! Vassula! tua Mãe do Perpétuo Socorro chorou aos Meus Pés, derramando por ti Lágrimas de Sangue; sim, tua Santa Mãe favoreceu- te e Me reconfortou... Meu Coração ficou profundamente comovido e Minha raiva foi afastada por Suas Lágrimas; a tempestade que em Mim se levantou foi silenciada;

Eu, Iahweh, teu Eterno Pai, amo-te com Amor eterno, desde o dia em que te criei e te segurei em Minhas Mãos; ah! nunca esquecerei daquele dia, como eras pequenina; Eu disse: “afastarei o Invasor para longe de muitas almas, por meio desta pequena e delicada menina;” tu e Eu, fizemos então um pacto de que trabalharias pela Paz, proclamando Meu Amor para repercutir até os confins da Terra, e, através de tua fraqueza, Eu recuperaria aqueles que estivessem a ponto de perecer; Eu te faria intrépida diante das ameaças e dos invasores; e por teu intermédio, Eu perseguiria e encontraria os renegados; então, em ti, Eu levaria tua geração a reconciliar-se e a unir-se;

uma vez que Eu já estava para invadir os planos de Meu Inimigo, tive de levar tua alma a dar-Me consentimento e a fortalecer-te desde o início; Eu disse: "santifica-te já e jejua desde o teu nascimento, é o que desejo: não te darei luz no teu nascimento;1 por três dias e por três noites permanecerás no escuro, é assim que jejuarás;”

eis porque jurei ampliar, uma vez mais, o espaço em teu coração para Minha entrada; e, como uma tempestade, vim sobre ti a fim de destruir tudo o que fizera de Meu Coração, uma Chaga; soprei como alguém que sopra uma brasa de carvão, desse modo Eu soprei em tua alma para reacender a chama em extinção em teu interior; Eu disse: “que tua chama, agora, cresça em tua escuridão, para alegrar Minha Alma; que tua aridez se transforme em um jardim irrigado, como uma fonte de água”;

e com Ternura infinita, Eu te apertei ao Meu Coração, fazendo-te Minha outra vez; jurei converter teu coração rebelde e desregrado, em um lugar de repouso para Mim; fiz-te compreender que Eu deveria ser teu único Deus, teu único Amor, incomparável e irrevogável;

Eu, então, removi teu véu para honrar Meu Nome, e declarei abertamente à Minha Corte Celestial, que Eu Próprio lutarei contra todos aqueles que lutarem contra ti e te perseguirem; pois, agora, Eu, teu Criador, serei teu Esposo e teu único Refúgio; serei Aquele que confia em ti, e tu, em Mim; farei de Minhas palavras um fogo em tua boca para que as proclames até os confins da Terra; tudo o que aprendeste, aprendeste de Mim; Eu, Iahweh, teu Pai Eterno, te embelezei, delicada menininha; neste preciso momento, inclino-Me a ti para erguer tua alma contra o Meu Coração;

Minha filha, a Minha aflição ao ver Meus filhos recusarem Meu Amor, Minha Paz e Minhas Graças revolve Meu Coração dentro de Mim; preciso de almas para Me consolar; preciso de almas generosas para aplacar Minha cólera ardente; sede Meu alívio, sede Meu Céu; Eu, Iahweh, amo todos vós;

vinde, mostrarei Minha Glória através de vossa nulidade; por Meu Amor, ponde um fim à transgressão, ponde um fim à rebelião; estais todos divididos e estais, constantemente, falhando em vossos frutos de unir-se e viver santamente; não sois vós e vossos irmãos todos iguais, para Mim? nem um de vós restaurará Minha Honra, restaurando Minha Casa cambaleante? serei forçado a levantar Minha espada contra vós? continuareis a resistir ao Meu Espírito Santo? continuareis a recrucificar Meu Filho? o Amém pede a cada um de vós que abençoeis vossos inimigos, que perdoeis todos eles e que vos reconcilieis Comigo e com vossos irmãos, a fim de formar um só Corpo para Minha Glória; vinde fazer as pazes Comigo;

que cada um Me ouça e compreenda ao ler-Me, como Eu, vosso Pai Eterno, fico rendido, toda vez que Meus Olhos veem, do Céu, visões que dilaceram Meu Coração, e como posso conquistar as amargas pragas que invadem, mais e mais, cada alma; Eu sou o Amém e posso-vos salvar, se vos voltardes para Mim;

Vassula, tua corrida ainda não terminou, mas Eu, Iahweh, teu Pai Eterno, estou contigo; sê abençoada por permitir-Me fazer uso de tua mão e de teu tempo; Meu Dedo está sobre teu coração para que te lembres de quem te educou;

salfomeg

1 Quando nasci, meus olhos estavam grudados, estavam fechados, e, só após três dias, eu os abri. Minha mãe, temendo eu não ter olhos, rezou e pediu auxílio a Santa Paraskevi (uma santa grega protetora dos olhos) e prometeu-lhe dar-me seu nome, depois de Vassula. Em grego, Pareski significa sexta-feira.


Compartilha esta Mensagem!