O HINO DE AMOR

(Maratona com Jesus)


 

Jamais exijas, pede
Santo Humor

14 de novembro de 1989

Meu Senhor? Quero uma fé maior, preciso dela.

Minha Vassula, jamais exijas, pede; compreende Minha Infinita Misericórdia e Amor, dize então estas palavras:

"meu Salvador,
aumentai meu amor,
aumentai minha fé,
aumentai minha esperança,
que tudo isso seja feito
conforme Vossa Divina Vontade;
amém;"

não tenhas pressa, pareces estar sempre com pressa, por quê?1 Eu estou ouvindo, mas pareces pensar que vou embora e, por isso, tu te apressas, por quê? Eu te escuto tão bem como quando estou contigo desse modo especial; diminui tua pressa e medita em cada palavra da oração; por que a precipitação? Eu sou teu Educador e tu és Minha Aluna; ensinei-te a discernir, sou teu Mestre que te formou; e, às vezes, Eu te lembrarei disso quando estiveres inclinada a esquecer Meus preceitos e continuarei a derramar em ti abundantes revelações;

vem, trabalhemos;

selfish

15 de novembro de 1989

(Antes de descansar,1 pedi a Jesus que me concedesse mais uma palavra, mas das Escrituras. Depois disso, abri ao acaso as Escrituras e Jesus me disse:)

"Tenho ainda muito que vos dizer, mas não podeis, agora, suportar."2

(Ao dizer-me isso, notei um traço de Santo Humor...)


1 Algumas vezes, sinto-me tentada a correr em minhas orações para ir depressa ao caderno de anotações e estar com Jesus através da "escrita".

2 Emprego a palavra "descansar" ao invés de "dormir", pois me tornei alérgica a essa palavra, por ter dormido durante anos, antes que Jesus me despertasse.

3 Jo. 16, 12.


Compartilha esta Mensagem!