O HINO DE AMOR

(Maratona com Jesus)


 

E é errado acreditar que essa é Minha caligrafia

7 de novembro dde 1989

Meu Jesus?

Eu sou; a Paz esteja contigo; recebe-Me do modo que te ensinei; flor, ama-Me, absorve-Me, recebe-Me e sê Meu reflexo, Minha pomba;

Meu Senhor, deixai-me compreender porque há erros de ortografia?

Vassula, eles são teus, não Meus; Eu te escolhi, porque és imperfeita e com muitas fraquezas; Eu, Deus, escolho Meus instrumentos frágeis, porque Meu Poder é mais evidente na fraqueza;

No entanto, de vez em quando, Vós me dais palavras novas, que desconheço.

Eu o faço, quando há necessidade; escreves sob Meu ditado, e é errado acreditar que essa é Minha caligrafia;

Por que, então, a diferença de grafia, Senhor?

Eu gosto assim; sirvo-Me de Meus instrumentos tal como são, com todas suas imperfeições e todas suas fraquezas, para ditar-lhes Meu Conhecimento e alimentá-los e a outros com Minha Palavra; sei quantos deles tomam Minhas Palavras, que muitas vezes são simbólicas, ao pé da letra, mas isso novamente reflete sua fraqueza, sua obediência, sua fé-de-criança em relação a Mim e seu desejo de agradar-Me; "bem-aventurado o homem que suporta com paciência a provação;"1

vem, Minha filha, permite que faça uso de ti como Me agrada; nenhum de teu sacrifício será em vão; sê uma Comigo, o Amor ama-te;


1 Tg. 1, 12.


Compartilha esta Mensagem!