O HINO DE AMOR

(Maratona com Jesus)


 

Minha Justiça é Provocada e Desafiada

16 de maio de 2011

Senhor, enviai Vossa Luz e Vossa Verdade agora; temos que ser sempre oprimidos pelo inimigo?

Minha filha, e Eu não sei? acreditas que não estou ciente de todos estes receios? Sou coberto de insultos e ódio; e Meu Mandamento de Amor é ignorado, até pelos Meus próprios sacerdotes;

Vassula, hoje eles acreditam que estão triunfando, obtendo vitórias; o mal está a seu lado; mas Meu Coração triunfará, no final; és escolhida por Meu Pai e por Mim para ser Nosso sacrifício; uma oblação, escolhida entre muitos, para suportar com amor as rejeições;

Fiquei em Vossa Presença, minha mão direita na Vossa, para escrever Vossas Palavras e guiar-me; mas pessoas alucinadas insultam Vosso Nome; privadas de sinais elas não estão, no entanto, desejam, ardentemente, pôr um fim a todas as Vossas Mensagens;

nada, Vassula, nada porá fim às Minhas Mensagens, nem à missão que te confiei; tem fé e confia em Mim; mesmo quando, às vezes, te sentires completamente esmagada com o peso da Minha Cruz, não desanimes, Eu estou a teu lado; e tu verás, para total espanto de muitos, como Me apresentarei diante deles! o bom se alegrará, mas o mau será pago com aquilo que merece; nada Me deterá; eles estão destruindo a Minha Igreja e, ao fazê-lo, conspiram o mal contra a Minha Igreja; o que vos Estou recomendando é a sã doutrina, mas eles descartam Meus ensinamentos; Eu disse que há seis coisas que odeio e sete que Eu abomino: um olhar altivo, uma língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, um coração que tece tramas perversas, a vontade de fazer o mal, uma testemunha falsa que mente a todo o momento, um homem que semeia discórdia entre irmãos; e Eu acrescentaria: aqueles que têm o prazer de fazer o mal;

Abri Minha Boca para falar, para ungir, para redimir e para mostrar Minha Misericórdia, mas, em retribuição à Minha bondade, Sou humilhado, escarnecido e desprezado; todas as Minhas Cortes se reuniram no Céu e de Minhas Cortes se ouviu uma voz, a voz de uma multidão:

"por quanto tempo nosso Senhor e Mestre suportará a blasfêmia? a terra, em sua impiedade, vangloria-se de seus erros, de suas abominações, e está embriagada em seu deboche como uma prostituta;"

o tempo chegou, a Justiça não suportará por mais tempo ver esta geração sufocando Meu Espírito e vendendo Meu Sangue; Minha Justiça é provocada e desafiada; vestirei o Céu de negro e Me mostrarei como Juiz, e aqueles que insultaram Meu Nome dessecarão; Minha revelação foi ridicularizada e nunca ouvida; punirei o mundo e suas maldades; humilharei os orgulhosos e, quando clamarem por Meu Nome, não os ouvirei; Meu Dia está mais próximo do que pensais; a devastação reduzirá esta terra à mesma desolação que fizeram da Minha Igreja!

Comecei como um mendigo, pedindo-lhes um retorno do amor, e em troca Fui vaiado, oprimido e desprezado; implorei a esta geração, implorei aos pés de Meus sacerdotes, mas tudo o que fizeram foi cuspir em Mim e enxotar-Me; Meus atos de Misericórdia foram ridicularizados; Vim a eles para salvá-los das garras do Meu inimigo; mostrei-lhes a Minha Face, mas não Me reconheceram, nem aprenderam1 na Escritura com Meus provérbios; vim para trazer a paz nos difíceis tempos que vivem, mas a paz não foi apreciada nem aceita; assim, agora, será promulgada uma sentença a todas as criaturas que vivem nesta terra para purificar o mau cheiro do pecado;

Minha menina, Eu, teu Esposo, te digo: suporta, por amor a Mim, todos estes ataques; rios de graças encherão as terras secas aonde te envio; filha, rega Meus pomares, embeleza Meu jardim; Eu, Jesus Cristo, te abençoo agora e para sempre; Eu Sou ic


1 ouvi, ao mesmo tempo, a palavra "seguiram"


Compartilha esta Mensagem!