O HINO DE AMOR

(Maratona com Jesus)


 

Igualdade de Meu Amor

21 de junho de 1999

1Minha filha, a fim de elucidar certos dizeres Meus e fazer progredir tua alma nas profundezas da Sabedoria e do conhecimento de Mim Mesmo, parece que Me repito algumas vezes, mas essa é a forma de edificar tua alma, fazendo-a progredir suavemente na santidade;

derramo em ti, uma vez que Me destes, teu Deus, o espaço requerido (em ti), uma quantidade de Minhas Graças para o benefício da Igreja; nada do que escrevi será em vão; com efeito, a Igreja satisfará suas necessidades; formei-te com real prodigalidade; não, Eu não te formei porque te achei digna, mas porque chamei-te para este livre dom de Minha Graça e é na Minha Justiça que concedo essas Graças; ninguém é inocente o bastante e digno de receber de Mim tais prodigalidades reais;

nunca te canses de estudar as páginas de todos os cadernos que Eu enchi, pois elas transbordam de conhecimento e da doçura de Meu Coração, desvendando Minha Beleza e aumentando-A em tua alma... Eu brilhei em ti, brilhei uma luz resplendente em ti para te despertar, a fim de que deixes para trás2 todas as triviliadades do mundo; realizei prodígios em ti, a fim de cantares poesia para Mim; para estender Meu Reino em ti Eu Me derramei em ti, elevando tua alma a um júbilo espiritual, a fim de que Eu ouça, de Minha escolhida, Meu Próprio Cântico de Amor; e assim, tudo o que recebeste de valor Divino, Me devolvas, a Mim, o Autor dos Prodígios;

ah! Vassula, quando suscito almas pela Graça, desta forma misteriosa, e elas veem o que o olho nunca viu e o que o ouvido nunca ouviu, e aprendem coisas além da mente do homem, Eu sou glorificado em Minha Glória; e na medida em que avanço no teu nada, deliciando-Me a cada passo que dás, Eu Me aproximo de Meu objetivo de atrair tua alma para o Meu pedido, que é a igualdade de Meu Amor;

ninguém sobre a Terra pode jamais alcançar a altura de Meu Amor; tu dirás: então por que Meu Deus, que transcende a grandeza e a plenitude, pede-me algo que não posso realizar? Eu só peço o que já Me pertence;3

enviei-te Meu Espírito Santo para habitar em ti e fazer Nosso Amor conhecido de ti, transfigurando tua alma para que Nos deseje e seja capaz de declarar com delícia: Eu possuo Deus e Ele me possui! Minha Vassula, tem-se que receber essa inestimável graça para pronunciar estas palavras, palavras pronunciadas tão docemente, movidas pelo Meu Espírito de Amor, a Quem consentiste habitar em ti;

não ouviste que a Palavra de Deus é algo vivo e ativo: Ela corta como uma espada de dois gumes, no entanto, mais finamente ela pode penetrar no lugar onde a alma está separada do espírito;4 por isso, filha, ama-Me tanto quanto Eu te amo e tão perfeitamente quanto puderes, com o amor que Meu Espírito Santo tão benevolentemente infundiu em ti; estarás apenas Me devolvendo o que já Me pertence;

no início5 Eu te pedi que Me amasses e respondeste: eu Vos amo... e em Meu sorriso, Eu disse: ama-Me mais... agora, Meu Espírito Santo te fez progredir, para Me conheceres e Me amares, trazendo-te a Mim como uma esposa é conduzida pelo esposo e realiza uma união duradoura; desta mesma forma, mas de um modo mais inefável, o Espírito Santo te trouxe para uma eterna união de amor Conosco e em Nós, o Deus Trino;

Vós sois a Grande Divindade,
o Todo-Poderoso, o Deus inspirador;
Vós sois o Esplendor incompreensível,
ultrapassando todos os esplendores de Vossos Anjos unidos;
Vós, que preencheis todas as coisas sem estar contido
nem pelos seus limites nem pelo seu próprio ser.

Minha mão treme diante de Vossa Divina Majestade, enquanto escrevo.
Como até hoje, Senhor, poderia eu conceber, em minha pequenina mente,
que o Próprio Prodigioso Prodígio dos prodígios
está diariamente em comunicação familiar comigo
e conversa comigo desta maneira deliciosa?
Como quereis que eu compreenda plenamente, em minha miséria,
ó Senhor, que Vós, o Deus Invisível,
Aquele que encompassa todos os seres,
fala comigo com tal doçura e ternura?
Que mente é capaz de apreender este prodígio?

Vós me abençoastes, com a unção de Vosso Nome
para me salvar e os outros através de Vosso Hino de Amor.

Vós me abençoastes com um tríplice Beijo da Ressurreição
e me fizestes uma parceira tão próxima de Vosso Plano Salvífico.
Pode alguém vir a mim e dizer:
"Eu posso medir a magnificência de Deus
e Sua inexprimível grandeza”?
Ninguém poderá dizer isso
porque meu Senhor e meu Deus é um Poço insondável
de Tesouros ocultos e desconhecidos.

com efeito, Eu Sou... Nós6 te chamamos para repousar em Nossos Braços, como uma criança nos braços da mãe; és chamada como uma criança, pela graça, a compartilhar de Nosso Plano Salvífico, vós todos sois chamados a ser deuses por participação e a entrardes na vida trinitária e governar Conosco; de fato, Eu sou o Soberano de vossa alma, oh! mas um Amigo tão íntimo também, que vos pode atrair à deificação;

apesar de tua espantosa miséria, neste momento em que estou contigo deste modo, e tu, enquanto estás Comigo deste modo, envolvida numa santa contemplação, nem mesmo o mais solene dos festivais em Minha honra Me é tão delicioso e agradável como esses momentos de tua contemplação; quando Minha Divina Presença está contigo, Eu me alegro na presença daquela a quem Eu fiz se tornar o osso de Meus Ossos, a carne de Minha Carne; Eu, com Minha Própria Mão, levantei um santuário, não gozaria então de Minha Própria boa Obra?

Ó mais Amável Amante da humanidade,
mais uma vez soais como música aos meus ouvidos;

Deus de inabalável Fidelidade,
Vós que sois movido por criaturas como eu,
que sou toda coberta por uma crosta de ferrugem,
não hesitais em gritar fortemente no Céu,
diante de qualquer um que faça um movimento:

ela está absolvida!”

Como então é possível
não se derreter de amor em Vossa Presença?
e sair correndo com ambas as mãos levantadas,
gritando em cada encruzilhada:

“Meu Criador é minha Liturgia!”

Vos mostrastes Vossa Misericórdia desde os primeiros tempos;
Vós sois meu Criador,
soberbamente Belo e Gracioso.

Vossa Misericórdia, meu Senhor, é sempre tão grande,
que a elite mais inteligente da Igreja
soaria estúpida, se tentasse explicá-La.

vem, bem-amada, entra na alegria de teu Senhor;

ouviste as Mensagens de tua salvação (dadas a ti) e foi-te, ao mesmo tempo, concedida uma variedade de dons de Minha Graça; pelo Poder do Espírito Santo, exercita tudo o que te foi dado e não te desanimes, pois Eu estou contigo;

relembro-te, pequeno grão, de que combates nas mesma batalha que todos Meus Profetas combateram; vendavais podem soprar em ti, inundações podem subir para te afogar, mas nada disso te vencerá, pois Eu estou contigo e estás sob Meus bons cuidados para resistir à tua fragilidade;

apoia-te em Mim; e não te desesperes com essa situação da Igreja; Ecclesia reviverá!

Eu estou diante de ti;

salfomeg

1 O Pai fala.

2 Compreendi também esvazia-te de.

3 Em outras palavras, depois de termos dado nossa vontade a Deus, Ele nos enche com o Espírito Santo de Amor, para amarmos. Esse amor, não importa o grau, pertence a Deus, pois Ele o deu.

4 Hb. 4, 12.

5 As primeiras comunicações em 1985.

6 A Santíssima Trindade.


Compartilha esta Mensagem!